Redes Sociais

Policial

Dois suspeitos de matar comerciante morrem em confronto

Publicado há

em

Na manhã desta terça-feira (22) em Eunápolis ,morreram em um confronto com a polícia ,dois suspeitos de terem matado o comerciante Mamédio Soares da Silva, de 55 anos. O confronto foi em uma casa na Rua Paulo Afonso, no bairro Juca Rosa,entre policiais civis, militares e os acusados .

Até o momento, foi identificado Grimaldo Silva Martins, 25 anos. Conhecido como Grima, ele possuía três mandados de prisão em aberto e era suspeito de praticar diversos assaltos na cidade. “Sabemos que ele estava envolvido também no assalto a uma fazenda de café no Projeto Maravilha, semana passada”, afirmou o delegado Moisés Damasceno, coordenador da 23ª Coorpin.

Segundo informações de Moisés Damasceno, os suspeitos estavam sendo monitorados desde a noite de segunda-feira (21), logo após a morte do comerciante. “Hoje pela manhã conseguimos localizar a casa onde eles estavam. Eles reagiram com tiros quando a polícia chegou e acabaram sendo atingidos”, afirmou Damasceno.

No local onde os acusados estavam escondidos foram encontrados os objetos roubados na casa do comerciante e as armas utilizadas no crime, uma pistola ponto40 e um revolver.

“Apreendemos anéis, aparelhos celulares, pares de calçados (tênis e sapatos), notebook, além das duas bolsas que foram utilizadas para colocar o produto do roubo. Um anel da mulher da vítima foi encontrado no dedo de Grimaldo”, declarou o delegado.

Moisés Damasceno salienta que as investigações não param por aqui. “Há a informação que eles teriam enviado a foto do comerciante pelo WhatsApp para alguém. Temos que investigar se o assassinato foi aprovado por alguém”, informou Damasceno.

Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Eunápolis.

 

Publicidade
Faça um Comentário

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Acusado de liderar quadrilha de traficantes e assassinar policial é preso em Eunápolis

Publicado há

em

 

 

 

 

Um homem de 36 anos, acusado de liderar uma quadrilha de traficantes e ser o responsável pela morte de um policial militar em Valença, foi preso nesta terça-feira (17) em Eunápolis por equipes da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede naquele município.

Ele estava com um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas, expedido pela Comarca de Valença. Foi localizado no bairro Pequi, onde é conhecido como Luciano de Iara. E está à disposição da Justiça.

Segundo o delegado Moisés Damasceno, coordenador da 23ª Coorpin/Eunápolis, o homem já estava sendo investigado por envolvimento no homicídio do PM Rogério Souza da Silva, ocorrido em dezembro de 2016.

O policial estava em serviço, acompanhado de outro agente, que também ficou ferido. Mesmo sem fardamento, a dupla foi reconhecida pelos criminosos. Cinco traficantes envolvidos na ação morreram durante confronto com a PM

fonte:varela noticias

 

Leia Mais

Policial

Casal é preso acusado por tráfico de drogas em Eunápolis

Publicado há

em

 

No início da tarde desta quarta-feira (11), Bruno Figueiredo Oliveira e Editania dos Reis Sena foram presos pela Polícia Militar acusados de tráfico de drogas no bairro Pequi.

De acordo com as informações, a guarnição da PM estava realizando ronda de rotina na Rua Belmonte, quando os policiais avistaram Bruno em uma mototáxi parado em frente a uma escola municipal em atitude suspeita.

A polícia resolveu realizar uma abordagem onde os policiais encontraram na pochete de Bruno, 15 buchas de maconha, ao ser questionado onde estava o restante da droga, o acusado relatou que estava em sua residência na Rua Pará no mesmo bairro.

Os policiais dando continuidade a diligencia, foram até a residência de Bruno e encontraram a sua companheira Editania, onde seu esposo informou que os policiais foram buscar o restante da droga que estava em uma caixa azul no guarda roupa. Editania falou que ela já tinha tirado a droga do local e levou para seu trabalho em uma mochila.

Foto: Divulgação / Polícia Militar

A polícia foi até o trabalho de Editania em um salão de beleza na Rua Cristóvão Colombo no mesmo bairro, onde foi encontrado a mochila com um tablete de maconha pesando 211,5 gramas, 31 trouxinhas de cocaína pesando 53,4 g, enrolada em sacos plásticos, a quantia de R$ 525,40 (quinhentos e vinte quatro reais e noventa centavos), uma balança de precisão e um rádio de comunicação.

Ao ser questionada pelos policiais porque a mesma havia tirado a droga e levado para o salão, Editania respondeu que recebeu uma ligação pedindo para a mesma retirar a droga da casa, porque o marido dela havia sido preso e ela deveria tirar o resto da droga da casa.

O casal foi conduzido para o Complexo Policial onde ficou à disposição das autoridades competentes.

Informação: via41

Leia Mais

Policial

Assaltante é agredido por populares após assaltar uma mulher em Eunápolis

Publicado há

em

Na noite desta terça-feira (03), Juliano Ramalho de Menezes foi preso pela Polícia Militar, após assaltar uma mulher na Rua Ônix no bairro Santa Isabel.

De acordo com as informações, o esposo da vítima é um policial e estava em casa quando ouviu o pedido de socorro de sua esposa após ser assaltada.

O policial com as características do assaltante saiu a procura do mesmo e em seguida avistou um suspeito em uma moto Honda Pop de cor preta, ao realizar a abordagem, foi surpreendido por populares que começaram a agredir o elemento até a chegada da guarnição da Polícia Militar.

Juliano com várias escoriações foi socorrido para o Hospital Regional e logo em seguida foi conduzido para o Complexo Policial, onde ficou à disposição das autoridades competentes.

Informação via41

Leia Mais

Notícias

Copyright @ 2019 Nordeste Dia a Dia - Todos os Direitos Reservados