Dado Dolabella: ‘Colho os frutos de um passado de violência’


“Assumo toda e qualquer culpa por todos os meus atos impulsivos e reativos no passado, vou viver o resto da vida limpo de crueldade nas minhas veias. Perdão. Hoje acredito na vibração positiva. Acredito na vida. #GoVegan.” É assim, num misto de mea culpa e de propaganda pró-veganismo, que o ator Dado Dolabella, recém-libertado da prisão por deixar de pagar pensão alimentícia a um dos filhos, de 7 anos, conclui um textão publicado em sua página no Facebook.

Dado, demitido da Record em 2014 sob a acusação de agredir um funcionário da produção da emissora, tem um histórico de conflitos e problemas com a Justiça, do qual a prisão da última semana é apenas o capítulo derradeiro. O ator já foi indiciado por bater na ex-namorada Luana Piovani e por agredir uma camareira da Globo que procurou defendê-la, além de ser flagrado com maconha no Rio.





Comentários


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.