Redes Sociais

Notícias

Contemplados já estão comercializando as residências recebidas em menos de uma semana

Publicado há

em

Eunápolis – Em menos de uma semana que 1700 residências foram entregues pela Prefeitura Municipal aos beneficiários dos residenciais Alecrim e Arnaldão já tem pessoas que foram contempladas comercializando os imóveis.

Foi publicado em grupo de vendas no facebook com um perfil em nome de “Dinha Silva Silva” um anuncio de aluguel de imóveis em qualquer um dos dois residenciais.

Ta na hora das autoridades tomarem paternidade nessa situação, a final de contas as casas do programa de habitação do governo, Minha Casa, Minha Vida é para beneficiar famílias que realmente necessitam de uma moradia e não para serem comercializadas.

Também já existe denuncia que além de alugar os imóveis, tem pessoas que estão até vendendo as mesmas, fazendo contrato de gaveta.

Fonte: via41

Publicidade
3 Comments

3 Comments

  1. Nilton

    3 de outubro de 2017 at 09:29

    Muito fazendo isso é eu preciso de uma casa pra mora porque eu pago aluguel no renovação tantã gente quer nem precisa fais isso enquanto eu estou precisando de uma……

  2. Uarlan

    3 de outubro de 2017 at 09:44

    Enquanto isso pessoa carentes que realmente necessitam estão por aí chorando por não ter conseguido adquirir um imóvel, porque o governo dificulta no processo de aquisição!

  3. Marco

    3 de outubro de 2017 at 15:34

    Essas casas tem de ser devolvidas ao estado pois não tem legalidade a venda ou aluguel desses imóveis já que são para favorecer pessoas de baixa renda . E inaceitável que pessoas inescrupulosas usem de maio fé para fazer negócios ilegais.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Reforma da Previdência entra em vigor hoje; veja quando você poderá se aposentar e quanto deve receber

Publicado há

em

A reforma da Previdência traz mudanças na forma de definir a quantia que cada trabalhador vai receber na aposentadoria. Agora, o benefício será calculado com base na média de todo o histórico de contribuição – na regra de antes da reforma, 20% dos salários (os mais baixos) são desprezados da conta.

A reforma da Previdência será promulgada e começará a valer a partir desta terça-feira (12), quase 9 meses após chegar ao Congresso.

As mulheres que entrarem para o mercado de trabalho depois que a reforma entrar em vigor terão que contribuir por ao menos 15 anos para ter direito ao benefício, e os homens, por 20 anos.

Ao atingir esse tempo mínimo de contribuição (15 anos para mulheres e 20 para homens), o trabalhador terá direito a 60% da média dos salários que recebeu a partir de 1º de julho de 1994 (data em que a moeda brasileira deixou de ser o cruzeiro e passou a ser o real). E, a cada ano a mais de pagamentos para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o percentual aumenta em 2 pontos.

Dessa forma, para ter direito a receber 100% dos salários, as mulheres terão que contribuir por 35 anos e, os homens, por 40 anos.
Exemplo: uma mulher que contribuir por 22 anos terá direito a um benefício equivalente a 74% da média de seus salários. Um homem que contribuir pelo mesmo período receberá 64%. Supondo que a média dos salários de contribuição de ambos seja de R$ 4.000,00, a mulher receberá R$ 2.960,00 de aposentadoria, enquanto o homem receberá R$ 2.560,00.

Para as mulheres que já trabalham, as regras são as mesmas. Mas para os homens que já estão no mercado, o tempo mínimo de contribuição para ter direito à aposentadoria foi reduzido de 20 para 15 anos. Apesar disso, o valor do benefício na regra de transição só passará a aumentar a partir de 21 anos de pagamentos. Ou seja: entre 15 e 20 anos de contribuição, o benefício será de 60% da média de todos os salários, chegando a 100% apenas com 40 anos de contribuição.

Vale lembrar que a reforma também cria uma idade mínima de aposentadoria. Para aqueles que não se enquadrarem nas regras de transição, deixará de haver a possibilidade de aposentadoria com base apenas no tempo de contribuição. A idade mínima de aposentadoria na regra final será de 62 anos para mulheres e de 65 para homens tanto para a iniciativa privada quanto para servidores.

Benefício de mais de 100% da média dos salários de contribuição

Tanto para a regra final quanto para a de transição, quem contribuir por mais de 35 anos (no caso das mulheres) ou mais de 40 anos (no caso dos homens), poderá receber mais de 100% da média dos salários.

O valor do benefício, porém, nunca poderá ser superior ao teto do INSS (hoje em R$ 5.839,45), nem inferior a um salário mínimo (hoje em R$ 998,00).

Funcionários públicos

Para os funcionários públicos, o cálculo da aposentadoria é parecido com o do INSS, mas o benefício mínimo será de 60% dos salários quando o trabalhador atingir 20 anos de contribuição – vale tanto para homens, quanto para mulheres. Assim como no regime geral, após atingido esse tempo, o percentual aumenta em dois pontos a cada ano de contribuição.

Mas essa regra só valerá para os que ingressaram no serviço público a partir de 2004. Para aqueles que entraram até 31 de dezembro de 2003, continua valendo a integralidade da aposentadoria (ou seja, o benefício será igual ao valor do último salário recebido) para os homens que se aposentarem aos 65 anos, e para as mulheres que se aposentarem aos 62.

Informação G1

Leia Mais

Notícias

População reclama de assaltos constantes no bairro itapoã

Publicado há

em

 

 

Os constantes assaltos e a onda violência estão deixando os moradores do bairro Itapoã assustados. A população do bairro do itapoã, região periférica de Eunápolis, reclama do constante clima de insegurança no local.

De acordo com moradores, as ações criminosas estão intensificadas durante as madrugadas e no final da tarde, quando as pessoas saem para trabalhar, principalmente em pontos de ônibus e nas adjacências da localidade Os bandidos costumam agir em uma moto sempre em dois.

Armados os suspeitos abordam as vítimas nos pontos de ônibus e subtraindo as bolsas dos trabalhadores.

— A gente já nem pode mais sair para trabalhar porque os bandidos vão roubar a gente. Aqui no itapoã eles estão vindo dia sim, dia não roubar. disse um morador.

Leia Mais

Notícias

Projeto Recomeçar junto a brink mania proporcionará evento gratuito para crianças no espaço colonial

Publicado há

em

O Instituto Recomeçar convida a todos, para um grande evento no dia das criança, com direito a alimentação, brincadeiras e brinquedos de graça.

Endereço :  Rua da colônia, no Espaço Colonião,  após o porto de gasolina

 

 

História

O Instituto Recomeçar nasceu em 2015, onde eles oferecem orientação, prevenção, ação social e socioeducativa. As ações externas são feitas diariamente em Eunápolis, e pelo 4° ano será feita a festa com doação de brinquedo para as criança.

 

Leia Mais

Notícias

Copyright @ 2019 Nordeste Dia a Dia - Todos os Direitos Reservados