Redes Sociais

Notícias

Câmara convoca ministro para explicar nesta quarta-feira bloqueio de verbas na Educação

Publicado há

em

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (14) a convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, para que ele preste esclarecimentos ao plenário nesta quarta (15) sobre bloqueios no orçamento do setor.

Por se tratar de convocação, Weintraub é obrigado a comparecer à Câmara, sob pena de incorrer em crime de responsabilidade na hipótese de ausência “sem justificação adequada”, conforme prevê a Constituição Federal.

O requerimento de convocação foi aprovado por 307 votos favoráveis e 82 contrários. Weintraub será ouvido em uma “comissão geral” (sessão de debates no plenário).

A maioria dos partidos orientou as bancadas a votarem a favor do requerimento. Somente PSL e Novo orientaram contra a convocação.

O líder do governo na Câmara, deputado Major Vítor Hugo (PSL-GO), argumentou em plenário que o ministro já iria comparecer nesta quarta-feira a uma audiência pública conjunta na Câmara, de duas comissões permanentes. Por isso, considerou que a convocação era desnecessária.

Para a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), o ministro é preparado para discutir os temas. Mas admitiu que não é “nada agradável” para o governo ter um ministro obrigado a comparecer à Câmara.

“O ministro da Educação é bastante preparado para falar sobre o assunto. Eu acho que não vai haver problema nenhum. Claro que não é nada agradável você ter um ministro convocado em vez de convidado”, argumentou.

Em conversa com jornalistas no fim da tarde desta terça-feira, o porta-voz do presidente Jair Bolsonaro, Otávio Rêgo Barros, afirmou que o governo vê com “naturalidade” a convocação do ministro.

“O governo anuncia entender com naturalidade os fatos que ocorrem no Congresso Nacional e até entende com naturalidade que a convocação permitirá a possibilidade para que o ministro da Educação possa explanar para a casa legislativa os temas relacionados a esse tema da educação”, disse Rêgo Barros.

Medidas provisórias

Em reunião nesta terça-feira (14), os líderes da maioria dos partidos informaram que não aceitam votar as medidas provisórias que estão na pauta da Câmara nesta semana.

A pauta do plenário tem seis MPs. Uma delas, a que amplia a participação estrangeira no setor aéreo, perde a validade na semana que vem. Está também na pauta a MP da reforma administrativa, aprovada na semana passada em Comissão Mista, com a mudança do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Ministério da Economia. Esta MP perde a validade em 3 de junho.

“Já que o governo disse que tem votos no plenário, ele que bote os votos no Plenário”, disse o líder do PRB, Jhonatan de Jesus (RR), ao informar que o partido não aceitaria votar medidas provisórias nesta semana.

O líder da oposição, Alessandro Molon (PSB-RJ), disse que pauta do governo deve ser prejudicada pelo adiamento.

“Há uma clara maioria pela não votação de medidas provisórias e para a convocação do ministro. A pauta do governo nesta semana na Casa vai ficar muito prejudicada especialmente pela necessidade que a Casa sente de ouvir o ministro da Educação”, declarou.

O líder do governo na Câmara, deputado Major Vítor Hugo, atribuiu as iniciativas a deputados da oposição e a grupos “não alinhados com o governo”. Mas disse que teve o apoio de seis siglas para tentar a votação de MPs ainda esta semana (Pros, PSC, Cidadania, Novo, Patriotas e PSL).

“Nós temos prazo para apreciar [as medidas provisórias]. Cada vez que a gente adia, para o Brasil, é uma preocupação, porque as medidas provisórias, elas tratam de assuntos extremamente importantes – e de modo particular a 870. Mas nós vamos continuar com as conversas para que a gente consiga apreciar, senão esta semana, as medidas provisórias 863 e 866 e, na sequência, chegar à 870 [MP da reforma administrativa]”, declarou o líder.

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP) defendeu a necessidade de diálogo.

“Se não houver a maturidade política neste momento, para que nós possamos fazer a reconstrução do nosso país através de um grande acordo, todo mundo vai perder. Ninguém ganha. Não ganha governo, não ganha Congresso, não ganha povo brasileiro”, afirmou.

Informação G1.

Publicidade
Faça um Comentário

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Após sete dias, Correios encerram paralisação, mas funcionários seguem em estado de greve

Publicado há

em

 

 

A paralisação dos funcionários dos Correios chegou ao fim na noite desta terça-feira (17), após sete dias. A categoria havia interrompido as atividades pedindo reajuste salarial, manutenção de benefícios e contra a privatização da estatal, anunciada este ano pelo governo federal.

Entretanto, os funcionários podem retomar a greve até o julgamento do dissídio, acordo coletivo de trabalho, que deve acontecer no próximo dia 2 de outubro. O fim da paralisação foi definido após as assembleias estaduais dos funcionários aceitarem o acordo mediado pelo Tribunal Superior do Trabalho. Na ocasião, foi decidido que o estado de greve continua.

Em nota conjunta, a Federação Interestadual dos Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect) e a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) afirmaram que a paralisação alcançou parte do objetivo.

fonte:varela noticias

Leia Mais

Notícias

Eunafrio é destaque em feira internacional de refrigeração em São Paulo

Publicado há

em

 

 

Pensando sempre em Expandir cada vez mais O atendimento para toda a Bahia, buscando cada vez mais inovação e sofisticação no atendimento prestado aos  clientes, umas das maiores de lojas de refrigeração do sul e extremo sul da Bahia a Eunafrio foi convidada mais uma vez para FEBRAVA.

A FEBRAVA é o mais importante evento que representa todo setor AVAC-R, ou HVAC da sigla em inglês  heating, ventilating and air conditioning na América Latina. São inúmeras as aplicações em sistemas completos, que vão além do ar condicionado, com serviços e produtos para tratamento do ar e da água, refrigeração, ventilação, aquecimento elétrico, gás e solar. Na prática, automóveis, residências, comércio e indústria utilizam os sistemas AVAC-R, e as Ilhas temáticas, expostas durante todos os dias da feira, trarão uma amostra sobre a utilização desses equipamentos, desde um veículo agrícola até o armazenamento do produto em supermercados e na casa do consumidor.

Com uma completa linha de refrigeração comercial, industrial, linha doméstica, ar condicionado, climatização e bebedouros. A EUNAFRIO hoje tem como seus parceiros as melhores marcas do mercado.

Continuar como uma empresa conceituada no mercado de refrigeração e climatização. E crescer cada vez mais com honestidade e respeito aos nossos clientes e colaboradores; proporcionando um melhor atendimento com rapidez, qualidade e transparência,São uma das qualidades da Eunafrio refrigeração.buscando sempre qualificar seus colaboradores para o melhor atendimento aos seus clientes sem perder seus valores Honestidade, compromisso, respeito e transparência.

Leia Mais

Notícias

Abertas as inscrições para concurso na Prefeitura de Teixeira de Freitas

Publicado há

em

A Prefeitura de Teixeira de Freitas confirmou na manhã desta quinta-feira, dia 8 de agosto, que está com inscrições abertas para o processo seletivo com vagas para os níveis fundamental, médio e superior. Os salários variam entre R$ 998 a R$ 10.378,20.

Foram disponibilizados cinco editais. Todos podem ser consultados no site da MSM Consultoria, organizadora do certame. As vagas são para cargos como agente de combate a Endemias, advogado, área administrativa e operacional, área educacional e área de saúde, com 20h a 40h semanais.

A taxa de inscrição custa entre R$ 49 e R$ 150. Os candidatos terão até o dia 22 de agosto para realizar a inscrição, também pelo site da empresa organizadora do concurso. A data da prova está prevista para 22 de setembro, com questões objetivos de múltipla escolha. (Da redação TH)

Leia Mais

Notícias

Copyright @ 2019 Nordeste Dia a Dia - Todos os Direitos Reservados